Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

A negação

Recebi uma pergunta assim: “Quando uma pessoa saiu frustrada ou desiludida de um relacionamento, e em seguida passa a se envolver com outra pessoa, esta atitude precipitada pode ser uma forma de negação da dor?” Pode ser uma negação. E pode não ser uma negação. Vai depender de várias variáveis.... Quando pode ser considerada uma negação? Primeiramente, precisamos conceituar “Negação”. A negação é um mecanismo de defesa psíquica que consiste em dar outro significado ao estímulo aversivo ou intolerável que foi percebido, oferecendo uma explicação menos dolorosa. Esta defesa tem valor adaptativo, uma vez que nem sempre estamos devidamente preparados para lidar com as vicissitudes da vida e por causa disto tendemos a buscar alívios, nos defender da dor como for possível, inclusive negando-a. Quando consideramos que um rompimento afetivo é uma forma de luto, entendemos que trás inevitavelmente algum sofrimento, em maior ou menor escala, dependendo do grau de envolvimento entre os parceiros.