Como lidar com o Estresse Pós Eleitoral

Como lidar com o Estresse Pós Eleitoral


Como sempre acontecem nas eleiçōes, seja no Brasil ou no mundo, existem embates, polarizaçōes e estresse, que geram, muitas vezes discussōes, rompimentos e nutrem sentimentos negativos.

Acompanho este movimento desde que entrei na Psicologia, em 2008. Ano, após ano, eleição após eleição, e as coisas não mudam.

Praticamente, 60% dos meus pacientes trazem queixas de desentendimentos com seus familiares, colegas de trabalho, amigos, e até mesmo com desconhecidos nas redes sociais, transporte público, etc.

Longe de querer defender ideologias políticas, quem está certo ou errado, este artigo tem como finalidade orientar os leitores sobre como lidar com conflitos ideológicos reduzindo o estresse.


Sintomas de estresse:

Possivelmente estamos com estresse quando apresentamos: alteração no sono e/ou no apetite (para mais ou para menos); dificuldade de concentração no trabalho/estudos, hiperfoco em um único tema, agrressividade gratuita, alteração no timbre da voz, verborragia, dores de cabeça, aumento da pressão arterial e batimentos cardíacos, dores de estômago, etc.


O efeito das redes sociais e da televisão.

Nós, Psicólogos sempre alertamos as pessoas para fitrarem o conteúdo do que consomem nas redes sociais, e na programação televisiva, que, em muitos casos, são produzidos justamente para causar mal-estar e transtorno de ansiedade nas pessoas.

É importante manter-se bem informado(a), mas é fundamental escolher conteúdos produzidos com qualidade e bom senso, para evitar o efeito hipnótico que algumas produçōes midiáticas possuem.


Como as eleiçōes afetam as relaçōes:

Polarizando.

Por meio dos conteúdos midiáticos, as pessoas vão formando uma ideologia, e se agarrando a elas. Depois, passam a imaginar que descobriram o "jeito certo" de pensar. 

Até aqui, o único problema é a redução do senso crítico, e da capacidade de questionar.

Deste ponto em diante, os problemas começam, quando algumas pessoas querem convencer a outra parte que descobriram a "verdade absoluta" sobre os fatos.

O que gera incômodo nas relaçōes, muitas vezes NÃO É A OPINIÃO POLÍTICA, mas a FORMA COMO ELA É DEFENDIDA OU IMPOSTA.

Lembra, que lá encima eu falei sobre efeito hipnótico? Pois bem: as pessoas que produzem o material midiático são especialistas em mexer com suas emoçōes, te convencer que você está do lado certo, e mudar de lado (ou não ter lado algum) é algo vergonhoso.  E isto é feito de forma que a maioria das pessoas ignora: apelando para valores pessoais, profissionas e afetivos.

O "Nós contra eles".

Desde que o mundo é mundo, a tática de "dividir para governar"(divide et impera) existe desde a antiguidade e remonta a Filipe II da Macedônia (Sec. III A.C.), e foi muito utilizada por Júlio César (Sec. I A.C.) e Napoleão.

Eles entendiam que polarizando sempre haverão simpatizantes, porque suas atitudes políticas nem sempre agradavam seus apoiadores, e quando isto ocorria, os governantes buscavam o apoio dos opositores.

Esta fórmula, infelizmente funciona nos dias atuais. Não creio que haja no mundo alguma nação, cujo governante tenha o apoio irrestrito da população.

O principal elemento da polarização, de jogar "povo contra povo" é a raiva. 

Produzindo raiva no oponente, os poderes dominantes se fortalecem. 

Para quem tem dúvida, sugiro a leitura de 1984  e a Revolução dos Bichos ( de George Orwell)

Portanto a polarização que você está presenciando existe desde que o mundo é mundo, e serviram para afastar pessoas, povos, culturas que se amavam e se ajudavam, mas, que infelizmente não resistiram aos apelos da política e romperam com seus valores culturais, sociais e familiares.

E o que se ganha ao defender uma ideologia?

Pode-se ganhar alguma autoestima, ao ver que um político olhou para um determinado nicho da população e falou a mesma língua, demonstrando certo interesse, ou prometendo algum favorecimento.

Mas, na prática, as mudanças políticas e econômicas positivas levam muito tempo para beneficiar as pessoas, mas, quando são prejudiciais, geralmente prejudicam a todos(as), independente da ideologia política e em curto espaço de tempo.

Portanto, defender uma ideologia política, pode levar ao estresse desnecessário, e pode não trazer NENHUM RETORNO pessoal, profissional, econômico ou social.

Como lidar com o Estresse Pós Eleitoral:

1. Avalie se as discussōes são mesmo políticas ou se estão mascarando problemas pessoais, que deveriam ser resolvidos por meio do diálogo.

2. Opinião diferente não quer dizer sentimento diferente: as pessoas raramente deixam de se amar quando a eleição acaba; 

3. Os vínculos que se romperam por causa de discussão política, na verdade, não eram sólidos, ou seja, a discussão só serviu para separar pessoas que já eram diferentes. Isto é mais comum entre amigos, colegas e vínculos menores.
Neste caso, verifique se vale a pena recuperar este tipo de contato.

4. A Política vai mudar. Mas será que o sentimento das pessoas em relação a você também mudou? Na maioria das vezes, não. No fundo, sabemos que isto vai passar e as pessoas continuarão a se relacionar como sempre fizeram;

5. Quando se sentir provocado(a) por tente sair de perto e dar uma volta. Às vezes, isso é suficiente para acalmar a pessoa que te provocou e neutralizar atitudes de deboche, raiva, agressão e violência moral.

6. Se não for suficiente, e estiver sofrendo hostilização no trabalho ou na escola, comunique uma figura de autoridade. 

7. E quando perceber que a outra parte está apenas querendo conversar para entender sua posição política, tente conversar sem alterar a voz, explicando os motivos que você acha válidos para sustentar sua ideologia, SEM OFENDER a pessoa que está questionando, e se possível, buscando também entender o que o outro pensa.

✨Psicóloga Sp: Psicóloga que atende na Av. Paulista✨

Para Você que esta buscando Psicólogos em São Paulo,  Psicólogos na região da Av. Paulista, Psicóloga online ou presencial, Terapia de casal, ou Psicólogos para problema de relacionamento,  ansiedade, depressão ou estresse.





CRP-SP 06-121677

Psicóloga | Consulta com a Psicóloga da Av. Paulista.
Desde 2013, atuando exclusivamente na área clínica, tratando pacientes com Depressão, Ansiedade, fobias, crises de pânico, transtornos de personalidade, 
prevenção ao suicídio


Saiba o que esperar de uma psicóloga

Assista os vídeos do canal de Psicologia no Youtube sobre relacionamentos, comportamento humano, Psicoterapia e Psicologia. Leia também alguns artigos neste Blog da Psicóloga SP (Psicologia Sem Fronteiras)


Formação e história de vidaMissão, Visão e Valores éticos
    • Pós Graduanda em Neurociências e Psicologia Aplicada (Mackenzie)
    • Pós Graduada em NeuroPsicopedagogia (Universidade Cândido Mendes);
    • Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental (CETCC);
    • Formação em Neuropsicologia (PUC-SP);
    • Formação em Terapia Comportamental (USP);
    • Aluna Ouvinte do Curso de Neurociências e Cognição da UFABC.
    • Cursando MBA em Inteligência Competitiva (São Camilo)
    • Currículo Lattes 

    • Missão


    Proporcionar ao cliente condições para a manutenção ou recuperação de sua saúde emocional (tratamento), estabilidade para lidar com novas demandas e prevenção de recaídas (fortalecimento psíquico). 


    • Visão
    Neste sentido, busco aprimorar meus conhecimentos constantemente, para garantir formas atualizadas e efetivas de atendimento que adequadas: ao momento de vida do cliente; à sua demanda atual; e a seu contexto social. 

    • Valores


    Atender com ética, transparência e responsabilidade, demonstrando um genuíno interesse pelas pessoas e compreensão de sua história de vida. 



    Psicologa Clínica, na Bela Vista,  SP
    Terapia Online e presencial.

    Av. Paulista, 2001 – cj 1911 Bela Vista, São Paulo/SP 
    CEP 01311-000 

    Referências:
    09 a pé minutos da FIESP
    Ao lado do Conjunto Nacional 







    Se chegou aqui, certamente  busca uma  PSICOLOGA, PSICOLOGO, psicoterapia, terapia online ou presencial ou tratamento para sua ansiedade, depressão, estresse ou dificuldade de relacionamento, terapia de casal, terapia infantil, e quer saber Como encontrar o psicólogo certo.

    Certamente tem muitas perguntas sobre Psicoterapia e Psicólogos:

    Pessoas com dificuldade de relacionamento *

    Pessoas com dificuldade de relacionamentoPor que...

    Como melhorar a *autoestima*

    De acordo com a morfologia, "auto" significa "pró...

    Qual a melhor Psicoterapia para você?


    Como lidar com um Amor não correspondido

    Como identificar um amor não correspondido? Em ...

    Como lidar com relacionamentos difíceis?

    Como lidar com relacionamentos difíceis?Quando en...

    14 dicas para manter um relacionamento harmonioso

    Agende aqui sua sessão de Terapia com Acolhimen...

    Você precisa se amar: Afinal, o que é amor-próprio?

    Você precisa se amar: Afinal, o que é amor-própri...

    Ressentimentos, culpa e vingança

    Por que alimentamos ressentimentos, culpas e dese...

    O Controle nas relações afetivas

    O Controle nas relações afetivasCom o avanço das ...

    Como escolher Psicólogos em São Paulo

    Agende aqui sua sessão de Terapia com Acolhim...





    Conselho Federal de Psicologia

    Conseho Regional de Psicologia de São Paulo

    sociedade brasileira de psicologia




    ta psicológica, psicóloga avenida paulista, procuro um psicólogo, bem estar,onde encontrar, saúde mental, depressão ansiedade, psicólogo é

    Psicologia

    psicologa

    politica

    eleiçoes 2022