Por que algumas FICADAS não se transformam em namoro?

Por que algumas "ficadas" não se transformam em namoro?




PSICOLOGA SP



Para alguns, o primeiro encontro com um possível parceiro afetivo é um momento de grandes expectativas. É comum que os indivíduos se preparem para este momento, cuidando da aparência, a fim de agradar o outro.

Em alguns casos, o primeiro encontro é maravilhoso: o  (a) parceiro (a) supera as expectativas em vários sentidos e o relacionamento parece ser promissor. Quando isto ocorre, é natural que haja um aumento da libido, canalizada para o  (a) parceiro (a). 

No dia seguinte, alguém espera um contato, nem que seja um "sinal de fumaça". As horas passam, a noite chega, outro dia vem....e nenhum contato é feito. Por quê?

Quem responde a esta pergunta é a bióloga Helen Fisher, pesquisadora americana, autora do livro "Porque amamos". segundo a autora a pronta aquisição de uma recompensa faz com que os níveis de dopamina do cérebro diminuam, fazendo a aquisição "perder a graça".

Portanto, há uma possibilidade grande de que a  perda de interesse da outra parte está relacionada com a sua química cerebral e não com algo errado que você tenha feito.

Postagens recentes

Psicólogos em SP: Temas relevantes para o paciente

◈ Psicóloga SP - Terapia na Bela Vista