Pular para o conteúdo principal

9 sinais de que o amor acabou

9 sinais de que o amor acabou




"O que não tem fim, sempre acaba assim" 
Humberto Gessinger

A maioria das pessoas já amou algum dia.
E a maioria deixou de amar.

Quando o amor acaba, pode-se se perceber um misto de vazio e paz. Aquele sentimento que trouxe, muitas vezes, dor e delícias não existe mais.

Psicologa Bradesco| psicologa preços populares| Psicologa Amil| Psicologa sulamerica| Psicologa Omint| Psicologa a preço baixo


Você percebe que não está mais amando quando:

9 sinais de que o amor acabou


  1. Consegue se dedicar mais aos seus projetos pessoais;
  2. Toma decisões sem consultar a outra parte;
  3. Cuida da aparência de forma original, ou seja sem a pretensão de agradar alguém;
  4. Volta-se mais para os amigos do que para o seu antigo par afetivo;
  5. Seus assuntos são mais abrangentes, ou seja, consegue falar sobre política, música, trabalho, esportes, lazer, estudos com mais facilidade do que antes. Não há espaço para falar de amor;
  6. Sua produtividade aumenta, tanto no trabalho, quanto na vida acadêmica, pois não sobra tempo, nem vontade de pensar em alguém especial;
  7. A antiga pessoa amada deixou de ser amada e agora, é apenas uma pessoa, que merece respeito, educação e cordialidade. Nada além do que uma pessoa educada oferece para qualquer outro ser humano;
  8. Não há mais necessidade de agradar a outra parte;
  9. Não há mágoa, nem rancor, nem desejo de vingança, nem de reatar o antigo relacionamento. Ao contrário, há apenas a compreensão de que aquilo que viveram juntos já faz parte do passado. é uma página virada.
Estes sinais são apenas algumas aproximações e podem existir muitos outros. Cada um de nós sabe o que sente.

Algumas pessoas deixam de amar, mas continuam envolvidas de alguma forma com a pessoa, seja por sentimento de posse, inveja, ciúme, zelo, cuidado, etc.

Outros parecem não amar mais, mas este desamor não resiste ao reencontro. Quando falamos de amor, tudo é possível.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

psicologa convenio bradesco saúde

psicologa convenio bradesco saúde * reembolso*

♠ Agendamento: (11) 99984-9910


♦Consultório  Rua Domingos de Morais, 770  - Bl 01 sl 05 Vila Mariana - São Paulo -  SP
Atendimentos psicológico: ♥De segundas a sexta, das 7:00 as 23:00 ♥Sábados das 7:00 as 20:00


Terapia para crianças, adultos, casais, ajuda emocional, orientações e aconselhamentos. Primeira consulta grátis
Bradesco Saúde Psicoterapia

O atendimento a clientes Bradesco é feito por meio de reembolso. Para saber mais clique aqui:  Bradesco Saude
O atendimento a clientes conveniados é feito por Reembolso que é garantido pela LEI da LIVRE ESCOLHA (Agência Nacional de Saúde- ANS - Resolução 338 ). É direito do segurado realizar até 40 sessões de terapia por ano.

♠ O que é reembolso? É a restituição financeira ao segurado, das despesas médicas e hospitalares, por ele custeadas em atendimento particular.
♣ Quanto tempo demora? Em média 20 dias. Se a seguradora não cumprir o prazo,  o consumidor deve denunciá-la. A operadora também deve informar d…

Mitos e verdade sobre Psicoterapia

Mitos e verdade sobre Psicoterapia A psicologia é uma área do saber onde existem mais mitos que verdades absolutas, e isto porque, quando algumas informações caem no senso comum ( com a ajuda da indústria midiática), sofrem distorções quase impossíveis de reverter.

As informações mais distorcidas estão relacionadas ao processo psicoterápico. Alguns mitos encobrem as verdades, o que dificulta o trabalho do psicólogo.


Eis alguns deles:

Mito 1: O psicólogo deve mudar a "cabeça" das pessoas.Jamais. O psicólogo deve verificar junto ao seu paciente, quais os comportamentos excessivos ou deficitários devem ser modulados. Para isto é preciso levar o paciente a modificar alguns pensamentos. Isto se consegue por meio de técnicas como o questionamento socrático, role-play, atividades reflexivas, etc. O executor da mudança é o PACIENTE. O psicólogo só instrumentaliza.
Mito 2 "Psicoterapia é para a vida toda"Nem sempre. Existem casos que algumas sessões podem ajudar o paciente a se …

Precisamos realmente agradar aos outros?