Pular para o conteúdo principal

A necessidade de aceitação


O que significa “ser aceito”?

psicoterapia, sp vila mariana, psicologo, psicologa, amil, bradesco, sulamerica

...


Aceitação consiste em acolher o outro da forma como ele se apresenta, com seus defeitos, qualidades e excentricidade, sem tentativas de modificá-lo para que satisfaça expectativas e se ajuste aos caprichos dos outros. Quando são aceitas de forma incondicional, as pessoas tendem a manifestar-se de forma mais autêntica, conseguindo desenvolver suas potencialidades (Rogers, 1981).

Embora seja desejável obter a aceitação externa, a aceitação não é condição sine qua non para a felicidade. É possível viver em paz, mesmo nos ambientes mais hostis, embora não seja fácil.


A busca pela aceitação ( de grupos sociais ou parceiros afetivos) pode levar a um certo desgaste nas relações, uma vez que para agradar ao outro,as vezes é necessário deixar de fazer algo por si. Em alguns casos, as pessoas se tornam infelizes, reprimindo sentimentos, pensamentos e comportamentos, o que pode levar eventualmente ao desajuste emocional e ao adoecimento psíquico.

Existe um espaço vital, só nosso, onde cultivamos nossos sonhos, fantasias, alegrias, tristezas, sonhos. Este espaço é como um jardim, que deve ser regado, podado, cultivado incessantemente. Seria justo destruir este jardim para receber aceitação?

Se o desejo de aceitação alheia for maior que a autoaceitação, é hora de rever alguns pontos importantes, questionando os motivos que levam a abrir mão da própria identidade. Devemos fazer concessões? Para que? Quais os ganhos? Quais as perdas? Como lidar com isso?


Conforme aponta Rogers, quando aceito, o indivíduo tende a crescer. Portanto, o bloqueio deste crescimento pode indicar falta de autoaceitação genuína.

Naturalmente, devemos fazer algumas concessões para conviver em sociedade, mas existe uma longa distância entre fazer concessões para o bem-estar de todos e abrir mão de si mesmo (a).  Mas quando o mal estar psicológico se instalar, é hora de rever certas atitudes!



ROGERS, Carl. Tornar-se Pessoa. São Paulo: Martins Fontes, 1981.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

psicologa convenio bradesco saúde

psicologa convenio bradesco saúde * reembolso*

♠ Agendamento: (11) 99984-9910


♦Consultório  Rua Domingos de Morais, 770  - Bl 01 sl 05 Vila Mariana - São Paulo -  SP
Atendimentos psicológico: ♥De segundas a sexta, das 7:00 as 23:00 ♥Sábados das 7:00 as 20:00


Terapia para crianças, adultos, casais, ajuda emocional, orientações e aconselhamentos. Primeira consulta grátis
Bradesco Saúde Psicoterapia

O atendimento a clientes Bradesco é feito por meio de reembolso. Para saber mais clique aqui:  Bradesco Saude
O atendimento a clientes conveniados é feito por Reembolso que é garantido pela LEI da LIVRE ESCOLHA (Agência Nacional de Saúde- ANS - Resolução 338 ). É direito do segurado realizar até 40 sessões de terapia por ano.

♠ O que é reembolso? É a restituição financeira ao segurado, das despesas médicas e hospitalares, por ele custeadas em atendimento particular.
♣ Quanto tempo demora? Em média 20 dias. Se a seguradora não cumprir o prazo,  o consumidor deve denunciá-la. A operadora também deve informar d…

Mitos e verdade sobre Psicoterapia

Mitos e verdade sobre Psicoterapia A psicologia é uma área do saber onde existem mais mitos que verdades absolutas, e isto porque, quando algumas informações caem no senso comum ( com a ajuda da indústria midiática), sofrem distorções quase impossíveis de reverter.

As informações mais distorcidas estão relacionadas ao processo psicoterápico. Alguns mitos encobrem as verdades, o que dificulta o trabalho do psicólogo.


Eis alguns deles:

Mito 1: O psicólogo deve mudar a "cabeça" das pessoas.Jamais. O psicólogo deve verificar junto ao seu paciente, quais os comportamentos excessivos ou deficitários devem ser modulados. Para isto é preciso levar o paciente a modificar alguns pensamentos. Isto se consegue por meio de técnicas como o questionamento socrático, role-play, atividades reflexivas, etc. O executor da mudança é o PACIENTE. O psicólogo só instrumentaliza.
Mito 2 "Psicoterapia é para a vida toda"Nem sempre. Existem casos que algumas sessões podem ajudar o paciente a se …

Precisamos realmente agradar aos outros?