Pular para o conteúdo principal

Mecanismos de defesa: uma leitura Behaviorista

Engana-se aquele que acredita que o behaviorismo ignora os sentimentos. Não ignora. Apenas muda o foco, buscando as variáveis responsáveis pelos mesmos. Skinner afirmava que "a ênfase do sentimento recai sobre aquilo que é sentido" (1969, p. 284).

Sendo assim, também não ignora as teorias que tratam dos sentimentos.. apenas faz uma leitura diferente. Vejamos:

No livro "Ciência e comportamento humano" (2007), Skinner faz inúmeras colocações acerca dos conceitos psicanalíticos, que, já em sua época, eram bastante difundidos para serem ignorados. Em momento algum de sua obra, o teórico behaviorista desmerece os conceitos psicanalíticos, limitando-se a fazer uma leitura mais funcional dos mesmos.

Na página 410 da citada obra, Skinner  explicar suscintamente  os mecanismos de defesa propostos por Sigmund Freud:

Repressão -  comportamento de reprimir suas tendências agressivas, em virtude de punições anteriores. "a repressão é bem sucedida se o comportamento for tão eficiente substituído que raramente alcance o estado incipiente no qual gera ansiedade. Terá falhado se a ansiedade for gerada com frequência" (p. 410)

Formação de reação -  comportamento de manejar os impulsos aversivos em outra direção a fim de evitar a estimulação aversiva condicionada (p. 410)

Racionalização - comportamento que visa evitar que a punição seja aplicada por outros e a estimulação aversiva condicionada não seja gerada no comportamento do próprio indivíduo. (p. 410) Exemplo: "não fui eu que quis assim, foi você", ou seja, quando eu te culpo, desvio de mim mesma o sentimento de culpa (estimulação aversiva).

Sublimação - comportamento que visa desviar sua agressividade para algo que não sofra punição e seja reforçado socialmente. (p. 411)

Identificação -  comportar-se como alguém, em função dos reforçadores que o outro obtém (p. 412).

Estes são apenas alguns exemplos, extraídos do livro citado acima.
Em diversas passagens, Skinner trata de assuntos relativos à subjetividade. Pra quem saber mais, sugiro a leitura desta obra:

SKINNER, B.F. Ciencia e comportamento humano. Trad. João Todorov. São Paulo: Martins Fontes, 2007. 
 


 

    

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

psicologa convenio bradesco saúde

psicologa convenio bradesco saúde * reembolso*

♠ Agendamento: (11) 99984-9910


♦Consultório  Rua Domingos de Morais, 770  - Bl 01 sl 05 Vila Mariana - São Paulo -  SP
Atendimentos psicológico: ♥De segundas a sexta, das 7:00 as 23:00 ♥Sábados das 7:00 as 20:00


Terapia para crianças, adultos, casais, ajuda emocional, orientações e aconselhamentos. Primeira consulta grátis
Bradesco Saúde Psicoterapia

O atendimento a clientes Bradesco é feito por meio de reembolso. Para saber mais clique aqui:  Bradesco Saude
O atendimento a clientes conveniados é feito por Reembolso que é garantido pela LEI da LIVRE ESCOLHA (Agência Nacional de Saúde- ANS - Resolução 338 ). É direito do segurado realizar até 40 sessões de terapia por ano.

♠ O que é reembolso? É a restituição financeira ao segurado, das despesas médicas e hospitalares, por ele custeadas em atendimento particular.
♣ Quanto tempo demora? Em média 20 dias. Se a seguradora não cumprir o prazo,  o consumidor deve denunciá-la. A operadora também deve informar d…

Mitos e verdade sobre Psicoterapia

Mitos e verdade sobre Psicoterapia A psicologia é uma área do saber onde existem mais mitos que verdades absolutas, e isto porque, quando algumas informações caem no senso comum ( com a ajuda da indústria midiática), sofrem distorções quase impossíveis de reverter.

As informações mais distorcidas estão relacionadas ao processo psicoterápico. Alguns mitos encobrem as verdades, o que dificulta o trabalho do psicólogo.


Eis alguns deles:

Mito 1: O psicólogo deve mudar a "cabeça" das pessoas.Jamais. O psicólogo deve verificar junto ao seu paciente, quais os comportamentos excessivos ou deficitários devem ser modulados. Para isto é preciso levar o paciente a modificar alguns pensamentos. Isto se consegue por meio de técnicas como o questionamento socrático, role-play, atividades reflexivas, etc. O executor da mudança é o PACIENTE. O psicólogo só instrumentaliza.
Mito 2 "Psicoterapia é para a vida toda"Nem sempre. Existem casos que algumas sessões podem ajudar o paciente a se …

Precisamos realmente agradar aos outros?