Pular para o conteúdo principal

GESTALT - porque o TODO é diferente da soma das PARTES

Enquanto somos estudantes de Psicologia nos deparamos com mil teorias, cada uma apontando para uma direção. Enquanto o Behaviorismo aponta para a Análise do Comportamento, a Psicanálise aponta para os conteúdos inconscientes. Fica difícil decidir qual é a melhor e qual a que oferece resultados mais eficientes. Parece uma feira de teorias. Cada livro que lemos parece uma banca de feira onde são oferecidos produtos similares de qualidade, mas não sabemos o que levar para o jantar.

Neste caso, só há uma alternativa:  pesquisar mais!

______________________________________________________________

Pra mim, a psicologia sempre foi (e pelo visto sempre será) uma GESTALT inacabada.

GESTALT porque trata-se de uma configuração e inacabada porque não tem fim, pois a cada dia, surgem novas tendências.

Pra quem não lembra o que é Gestalt, aqui vai a conceituação de Perls:. "Uma gestalt é um fenômeno irredutível. É uma essência que aí está e que desaparece se o todo é fragmentado em seus componentes" (1976, p. 63)

Se transportarmos esse conceito para a Psicologia, podemos concluir que, uma ve fragmentada deixaria de ser psicologia, transformando-se assim num amontoado de teorias monistas, com a finalidade alienadora de obrigar seus estudiosos de engolir conceitos prontos, para futuramente vomitá-los no setting terapêutico encima das neuroses alheias. Afinal é bem mais fácil seguir um caminho pronto e enlatado, bem como suas regras.

Para a Gestalt O TODO É DIFERENTE DA SOMA DAS PARTES, portanto a psicologia em si é mais que a soma de tendências, é mais que a soma de teorias, é mais que a soma de experimentos, é mais que a soma de testes e técnicas. No meu entendimento a Psicologia é GESTALT .

Não tô falando que ela se resuma à Gestalt, mas que ela é uma Gestalt enquanto um todo, embora eu considere a Gestalt a teoria psicológica mais completa que existe até o momento, pois ela considera o indivíduo como um ser indivísivel (indivíduo significa isso mesmo: Indivisível). A partir de suas percepções fenomenológicas, prioriando o aqui-agora, ela permite que se traga para o setting terapêutico a Gestalt inacabada vivenciada pelo cliente, para que juntos (terapeuta e cliente), possam definir figura e fundo, e encontrar formas de fechá-las. Isso é feito através da autoconscientiação, preponderando o como sobre o porque pois conforme  Perls: "a tomada de consciência em si e de si-mesmo pode ter efeito de cura". (1969, p. 34).

A Gestaltterapia é uma síntese de todas as abordagens tradicionais:
Do Behaviorismo ela adotou a ênfase no comportamento óbvio; da Psicanálise conceitos como mecanismos de defesa; do Psicodrama ela usa a técnica de representação de conflitos, da fenomenologia, a ênfase no momento presente.

Para concluir eu gostaria de salientar que é exatamente dessa maneira que eu vejo a psicologia: como um apanhado de teorias que se complementam em benefício de todos.Isso pra mim é GESTALT!

Não que a psicologia se resuma na teoria da Gestalt, mas ela é uma GESTALT, porque o todo é diferente da soma das partes.



Psicologia Gestalt; Gestalterapia, psicologa Bradesco| Psicóloga Omint





________________________________________________________________________
PERLS, Frederick: Gestaltterapia explicada. São Paulo: Summus, 1976.

Comentários

  1. Como a gente está em constante evolução, a psicologia não pode seguir só um pensamento, uma meta, senão fica ultrapassada e não vai conseguir acompanhar os novos medos, anseios da sociedade. Por isso seu pensamento GESTALT está completamento certa.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como esquecer alguém?

Você estava em um relacionamento, que parecia promissor, mas de repente

As coisas começaram a desandar, e o inevitável término chegou....
ou
Estava tudo bem, mas a outra parte resolveu se desligar da relação.

Enfim, houve uma ruptura na relação, mas não no vínculo (pelo menos, da sua parte).

Supondo que todas as tentativas de reconciliação já foram esgotadas, não há muito o que fazer: o jeito é esquecer a pessoa e partir para outra relação, ou ficar algum tempo sozinho (a).

Mas como se esquece alguém?

Esta pergunta não tem resposta fácil, nem fórmula, nem dicas que funcionem de maneira eficaz, pois depende de como o indivíduo funciona afetivamente. 

No entanto, uma coisa é certa: para esquecer alguém é preciso:

1- Querer. 
O pensamento no outro não desaparecerá se você alimentá-lo. É preciso imposição de uma poderosa força de vontade, e capacidade de lidar com a dor e o vazio. Não dá pra esquecer alguém quando não se quer esquecer.

2-Força de vontade
Não basta querer. 

É preciso sustentar este que…

Psicóloga sp - Crianças, adultos, casais | psicologa convenio | Psicologa Planos de saude | Bradesco | Amil | Sulamerica | Omint | Porto seguro

Psicóloga sp - Crianças, adultos, casais | psicologa convenio | Psicologa Planos de saude | Bradesco | Amil | Sulamerica | Omint | Porto seguro Atendimento por reembolso. Saiba Mais.

Maris V. Botari - Psicóloga Clínica - CRP-SP - 06/121677 Desenvolvendo Habilidades Afetivas e emocionais. 

Psicoterapia para: Crianças, Adultos e Casal 

Psicologa Bradesco, Amil, Sulamérica, Omint , por reembolso

Agendamento de 1ª consulta psicológica Whatsapp (11) 9-9984-9910

Email: psicologamaris@gmail.com
Sites:Psicologia Sem FronteirasPsicologia dos RelacionamentosPsicoterapia em São Paulo
Psicoterapia: ajudando a adquirir ou manter a qualidade da vida afetiva, pessoal e emocional.

Tratamentos indicado para:
Ansiedade, Depressão, dificuldade de relacionamento (afetivo, social, profissional e familiar), necessidade de aceitação, baixa autoestima,lidar com sentimento de culpa, como manter um relacionamento feliz, carência afetiva, dependência emocional, desmotivação, estresse, dificuldade de comunicação, di…

Término de relacionamento. Por que a superação é tão difícil?

O rompimento das relações afetivas provoca sofrimento comparado ao luto: falta de ar insônia, palpitações, taquicardia, são sintomas que tendem a surgir quando um indivíduo é rejeitado.
El fuego me recorre el cuerpo- el dolor de amarte. El dolor me recorre el cuerpo con las llamas del amor que siento por ti. La enfermedad del amor por ti me inunda el cuerpo. El dolor es como un furúnculo a punto de explotar de mi amor por ti. Consumido por el fuego de mi amor por ti. Recuerdo lo que me dijiste. Pienso en tu amor por mí. Me desgarra tu amor por mí. Dolor y más dolor. ¿Dónde te vas con mi amor? Me dicen que te irás de aquí. Me dicen que me abandonarás. Mi cuerpo está entumecido de dolor. Recuerda lo que te he dicho, mi amor. Adiós, mi amor, adiós". (Fisher, p. 11).
Mas porque isto ocorre?
O amor é articulado com as funções cerebrais por meio de dois hormônios que respondem pela estimulação sexual: a vasopressina nos homens e a ocitocina, nas mulheres. Estas substâncias favorecem a for…