Pular para o conteúdo principal

Os amores do passado

Dizem que “Um grande amor não se esquece, adormece”. Por isso muitas pessoas lembram com saudade e/ou tristeza de alguma experiência anterior vivida. No entanto, isso é diferente de viver em função do passado. Uma coisa é lembrar bons momentos, outra coisa é querer revivê-los.


psicologa Bradesco


Por essa razão, algumas precisam conhecer o passado afetivo de seu parceiro. Não que isso seja ruim, afinal é sempre bom saber por onde pisamos e com quem estamos andando. O que é nocivo é tentar se aprofundar no passado afetivo do parceiro e se deixar enveredar por ciúmes.


Isso ocorre porque algumas pessoas não se sentem merecedoras desse amor e vão buscar no passado, motivos para sabotarem a própria felicidade.


Logicamente, existem casos em que as pessoas realmente sentem saudade do passado e deixam transparecer. Porém, existem alguns sinais que indicam pra onde a bússola do coração do ser amado aponta:
  • Se fala da(o) ex com muito carinho, é mau sinal; significa que ainda existe alguma lembrança boa no coração dele;
  • Se fala da(o) ex com muita raiva também é mau sinal. Isso indica que o coração dele está machucado, cheio de mágoa e onde há mágoa existem pendências ou até mesmo amores mal-vividos.
  • Se fala da(o) ex com muita freqüência seja bem ou mal, esqueça essa pessoa imediatamente e parta pra outra já! Isso é saudade. E quando sentimos saudades (no sentido de sentir falta) tendemos a falar da pessoa o tempo todo.


O ideal é que ele não fale absolutamente nada sobre o passado, pelo menos nada que não seja dito com a mais notável indiferença. “Ex bom é ex morto!”

E se ele não fala, não pergunte! O simples fato de ele não querer falar é bom sinal; significa que ao seu lado ele renasceu e esqueceu todo o passado.


Evite também falar sobre os seus relacionamentos anteriores .

Pessoas existem que fazem isso só pra deixar seu parceiro com ciúmes, já que nem todos falam abertamente daquilo que sentem e precisam ser “cutucadas”. Essa prática vem sendo muito utilizada, porque surte efeito imediato às vezes. No entanto isso é altamente desaconselhável porque quebra a harmonia da relação. É como jogar uma pitada de sal na sobremesa preparada com tanto capricho.

Comentários

  1. Gostei muito do material, por que são bem reais. Eu sinto saudades do passado e sei como é difícil estar com outra pessoa e manter um relacionamento mais duradouro.

    Acredito que esta matéria é de total relevância por que uma das maiores infelicidades do mundo para a condição de uma afetividade plena é que sempre alguém que está com alguém procura na verdade um outro alguém.

    ResponderExcluir
  2. Nossa vc não sabe como suas palavras estão sendo tão boas para mim!!!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

psicologa convenio bradesco saúde

psicologa convenio bradesco saúde * reembolso*

♠ Agendamento: (11) 99984-9910


♦Consultório  Rua Domingos de Morais, 770  - Bl 01 sl 05 Vila Mariana - São Paulo -  SP
Atendimentos psicológico: ♥De segundas a sexta, das 7:00 as 23:00 ♥Sábados das 7:00 as 20:00


Terapia para crianças, adultos, casais, ajuda emocional, orientações e aconselhamentos. Primeira consulta grátis
Bradesco Saúde Psicoterapia

O atendimento a clientes Bradesco é feito por meio de reembolso. Para saber mais clique aqui:  Bradesco Saude
O atendimento a clientes conveniados é feito por Reembolso que é garantido pela LEI da LIVRE ESCOLHA (Agência Nacional de Saúde- ANS - Resolução 338 ). É direito do segurado realizar até 40 sessões de terapia por ano.

♠ O que é reembolso? É a restituição financeira ao segurado, das despesas médicas e hospitalares, por ele custeadas em atendimento particular.
♣ Quanto tempo demora? Em média 20 dias. Se a seguradora não cumprir o prazo,  o consumidor deve denunciá-la. A operadora também deve informar d…

Mitos e verdade sobre Psicoterapia

Mitos e verdade sobre Psicoterapia A psicologia é uma área do saber onde existem mais mitos que verdades absolutas, e isto porque, quando algumas informações caem no senso comum ( com a ajuda da indústria midiática), sofrem distorções quase impossíveis de reverter.

As informações mais distorcidas estão relacionadas ao processo psicoterápico. Alguns mitos encobrem as verdades, o que dificulta o trabalho do psicólogo.


Eis alguns deles:

Mito 1: O psicólogo deve mudar a "cabeça" das pessoas.Jamais. O psicólogo deve verificar junto ao seu paciente, quais os comportamentos excessivos ou deficitários devem ser modulados. Para isto é preciso levar o paciente a modificar alguns pensamentos. Isto se consegue por meio de técnicas como o questionamento socrático, role-play, atividades reflexivas, etc. O executor da mudança é o PACIENTE. O psicólogo só instrumentaliza.
Mito 2 "Psicoterapia é para a vida toda"Nem sempre. Existem casos que algumas sessões podem ajudar o paciente a se …

Precisamos realmente agradar aos outros?